As Quatro Estações Potoalegrenses — o Outono.

em

Quando as noites se alongam manhã adentro e sol desaparece na cerração matutina, quando os telhados gotejam o orvalho da noite e molham o chão como chuva, quando o vento traz os primeiros frios, é outono em Porto Alegre. Quando o sol lança uma claridade desbotada nas ruas que parecem não ter cor e ficam desertas mais cedo, é outono em Porto Alegre. Quando a chuvinha fina silencia o canto dos pássaros, e se estende por dias, como se nunca mais fosse parar, e quando as folhas das árvores enferrujam para morrerem lentamente, é outono em Porto Alegre.
Existem dias com sol e noites estreladas mas seus brilhos são pálidos, suas durações efêmeras. Gente e coisas tornam-se mais calados, a imobilidade ainda mais parada, a rapidez mais lenta. Há um prazer em contemplar, uma vontade de reter o tempo, de fazê-lo parar nesta ante sala do inverno, de fitar as chamas das lareiras que despertam de sua hibernação veronil e espalham aquecimento pelas casas, combatendo a humidade que permeia os ambientes.

20140613-163037-59437024.jpg

Nas noites já quase geladas a bruma se espalha preguiçosa, encapuzando os prédios, os tetos das casas, escondendo o trânsito que se deixa perceber apenas pelas luzes dos faróis. Até os sons e os barulhos são encobertos, soando distantes, perdidos e sem dono. E distante, como um fantasma ou um sonho desfeito, a paisagem vira uma muralha branca, sem forma ou desenho, quando é outono em Porto Alegre.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Elis disse:

    So schön, so poetisch! 🙂

    Schöne Grüsse!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s