Michelangelo na Ilha do Diabo.

     Em 1973 o cineasta americano Frankli J. Shaffner (1929 -1989) vivia o auge de sua carreira. Em 1969 ele dirigiu “O Planeta dos Macacos” um sucesso de bilheteria que se tornou um clássico da ficção científica.  Seguiu-se “Patton, Rebelde ou Heroi“, que tinha o roteiro assinado por Francis Copolla, então um jovem em…

O Homem da Pegada Mortal.

     Existe um cinema feito de forma industrial no Brasil. É aquele produzido pela Globo Filmes. São acima de tudo comédias de apelo popular, ou cinebiografias. O resultado artístico é geralmente baixo, mas existem excessões como “Xingú” de Cao Hamburguer.  Esteas produções, após sua exibição nas salas de cinema, chegam aos canais de televisão…

O Barbeiro e o Destino.

     Nenhum cineasta brasileiro se debruçou tanto sobre a história naciaonal quanto Sérgio Rezende. Ele filmou a gerra de Canudos, em “Canudos“, a luta da estilista Zuzu Angel em busca do filho morto pelas forças da repressão durante a ditadura em  “Zuzu Angel”, a vida do Barão de Mauá em “Mauá“, as ações das…

O Vilão Necessário.

     O escritor americano Stephen King talvez seja o best-seller mais perene da história da literatura. Desde sua estréia na narrativa longa com “Carrie” em 1974, ele vem acumulando leitores, adaptações para cinema, televisão e, mais recentemente, a admiração de muitos críticos. Sua narrativas fantásticas despertam interesse mundo afora. Embora se dedique quase que…

A Tempestade.

     O diretor Antoine Fuqua é um dos nomes mais interessantes do atual cinema americano. Utilizando a linguagem do filme policial e de ação, ele vem a cada trabalho aumentando a tensão dramática de seus relatos, a tal ponto que as sequências de lutas e combates são secundárias e ocupam um tempo menor durante…

Sem Tempo para Morrer.

     As cine-séries vem ganhando espaço no cinema de massa americano. A mais famosa, dedicada as aventuras do agente secreto James Bond, já tem mais de cinquenta anos. Ultimamente a indústria do entretenimento passou a chamá-las de franquias, pois muitas delas não passam disso. Repetem o modelo inicial como uma rede de comida rápida…

Quando o Passado Chama.

     O historiador inglês Eric Hobsbawn de finiu o século XX como”o século das ditaduras”. Tamanha foi a marca que ele enxergou nestes movimentos, que em um de seus trabalhos mais famosos, “A Era das Incertezas — o breve século XX” ele o delimitou seu início a partir da Revolução Russa e o seu…